Finalzinho do ano passado fui visitar uma professora muito querida num hotel em Boa Viagem. Na volta para casa peguei um Uber e o motorista estava sintonizado na Nova Brasil FM (canal de rádio maravilha que só toca músicas da MPB). Durante o trajeto, começou a toca uma música nova, pensei que fosse Marisa Monte, mas o locutor disse que a cantora era Monique Kessous e a música era “Eu sem você”. Depois disso, passei o restante do caminho para casa repetindo o nome da cantora para não esquecer. Quando cheguei em casa acessei o Youtube e encontrei o videoclipe oficial da música. Por favor, assistam e confiram essa cantora maravilhosa:




     Descobri que a música era da trilha sonora da novela Pega Pega (eu não assisto novela, e isso explica o desconhecimento da música). Depois fui fuçar o canal da cantora no YouTube e descobri mais dois álbuns da cantora. Achei tão maravilhoso ela disponibilizar todos os álbuns completos em seu canal, por isso precisamos valorizar cada vez mais a produção musical brasileira e pelo simples fato que há um custo por trás da produção de cada álbum.
       Monique nasceu no Rio de Janeiro em 14 de fevereiro de 1984, é cantora, compositora e multi-instrumentista. Aos 9 anos, Monique mostrou sua habilidade musical no Festival de Música Idishe do Clube Hebraica ao cantar solo à frente de um coral. No ano seguinte começou a estudar piano clássico e popular, canto lírico e popular, violão com seu irmão Denny Kessous, além de aprender sozinha percussões como cajon e pandeiro. (1, 2)                     Aos 16 anos trabalhou com o produtor musical Roberto Menescal para gravação de vocal para o álbum de Simone Moreno, e também, trabalhou na gravação de coro para faixa cantada por Chico no CD de Paulo César Feital e Jorge Simas. (1)
       Em 2001 fez seu primeiro show solo no Teatro Ipanema, e logo em seguida formou o grupo Entretantos, com seu irmão Denny no violão, o guitarrista João Arruda e a percussionista Jadna Zimmerman. (2)
      Após um show, Monique foi convidada pelo produtor musical Alberto Rosenblit para gravar um demo. Roberto Menescal ouviu o cd e fez uma música Comunique-se, que depois ganhou letra de Monique. Em 2005, Roberto Menescal convidou Monique para gravação do projeto “Liverpool Bossa” (2007).(1, 2) 
     Monique gravou seu primeiro álbum, “Com essa cor” em 2008; em 2010 gravou o álbum, “Monique Kessous”. Em 2011 ganhou o Prêmio MultiShow de Artista Revelação, e no seguinte participou de turnê na Alemanha com Paulinho Moska e Elba Ramalho. A canção “Frevo meio envergonhado” foi gravada em 2013 por Elba e intitulo o álbum com uma das frases da canção: “Vambora lá dançar”.(2)                                               
       Em 2016 lançou o seu álbum mais recente, “Dentro de mim cabe o mundo”, o qual tem a música que falei para vocês no início do texto.  As músicas de Monique fizeram parte de trilhas sonoras de algumas novelas: “Com essa cor” – Ciranda de Pedra (2008); “Pitangueira” – Paraíso (2009); “Coração” – Cordel Encantando (2011); “Calma aí” – Sangue bom (2013); “Eu sem você” – Pega Pega (2017). (2)
          Aproveitem o canal no Youtube de Monique, além dos álbuns completos vocês podem conferir outros vídeos dessa cantora maravilhosa. As músicas são tão lindas, com letras e melodias que se encaixam perfeitamente. Eu, particularmente, estou adorando as obras dela. Parabéns, Monique pelo seu talento.

Fonte

Texto: Winnie Gomes