Um dia estava escutando a rádio da Jovem Pan local e escutei uma música do cantor Almério. Para minha surpresa descobri que é um cantor Pernambucano. Comecei a pesquisar mais sobre suas músicas e fiquei ENCANTADA com seu estilo musical. A primeira música que eu ouvi foi “Queria Ter Pra te Dar”.
Almério tem aquele sotaque nordestino que faz toda diferença na sua interpretação, além disso, há uns toques em sua música que me lembra o estilo musical de Pernambuco, não sei explicar, não conheço de música, mas me lembrar o Maracatu e o samba de coco.
O cantor nasceu na cidade de Altinho (PE) e aos 20 anos foi morar em Caruaru. A matéria do Correio Braziliense explica que o som de Almério faz “recordar canções clássicas da MPB dos anos 1960 e 1970, e, ao mesmo tempo, os sons eletrônicos, aliados a pífanos, alfaias, violas e zabumbas”. (1)

O primeiro álbum de Almério veio em 2013, é um CD Independente composto por 14 músicas (clique para ver a lista completa das músicas). Algumas músicas são compostas por ele, inclusive há uma composição do famoso Lula Queiroga. A música “Minha Casa de Você” é uma das músicas preferidas. Nesse álbum fica claro a sonoridade pernambucana em suas músicas. Confiram o clipe da música, ao vivo, com direito a uma poesia recitada pelo artista:
Em 2017, Almério gravou o álbum Desempena, produzido pela Natura Musical/Tratore. A obra é composta por 11 músicas, dentre elas com participação da Paraibana Elba Ramalho. As músicas são poéticas, uma mistura de emoções é possível sentir ao ouvir seu álbum. Almério fez um vídeo falando o que é o amor para ele, em sua fala é possível observar o seu estilo poético que se expressa naturalmente. 
No ano seguinte, Almério ganhou Almério ganhou o prêmio Revelação na 29a edição do Prêmio Música Brasileira (PMP) com sua obra. Realmente, essa obra é impactante. A música “Retiro das Flores” é uma obra prima, com toda certeza é uma das minhas preferidas do álbum. Quando eu escutei as primeiras frases da músicas: “Sonhei um castelo de areia/Era um sonho de areia”, achei lindo demais. Confiram a música para vocês entenderem:
Para nossa alegria, Almério lançou este ano o álbum Acaso Casa ao lado da cantora Mariene de Castro. O CD foi produzido pela Biscoito Fino (clique aqui para comprar o CD) é composto por 18 músicas. A produtora explica que o encontro dos cantores “reúne cancções que, como sugere o título do espetáculo, remetem à memória afetiva de cada um, os leva de volta às suas origens, às suas casas”.(2)
Tem músicas famosas como “Espumas ao Vento”, composição do artista Pernambucano Accioly Neto (leia aqui o texto que o Facetas escreveu sobre ele) interpretada pelo cantor Fagner. A famosa música “Canto de Ossanha”, composição de Baden Powell e Vinícius de Moraes e interpretada por Elis Regina. É claro que não poderia deixar de músicas que representam o nordeste, com músicas de Luiz Gonzaga e Dominguinhos, como “Respeita Januário”, interpretada pelo Rei do Baião e composta por ele em parceira com Humberto Teixeira, e, a música “Lamento Sertanejo (Forró do Dominguinhos)”, composta por Dominguinhos e Gilberto Gil. Confiram o vídeo da música Lamento Sertanejo e Espumas ao Vento:
Almério é um cantor que nos envolve com seu sotaque pernambucano, com sua interpretação de voz suave e, ao mesmo tempo, com uma presença muito forte. É simplesmente encantador!!!! Eu sou suspeita para falar, mas quanto mais eu conheço os artistas pernambucanos, mais eu me apaixono por esse estado que respira arte e cultura. Viva os artistas que não deixam morrer a música de excelência, a música de qualidade e a música que nos desperta emoções.
Texto: Winnie Barros

Fontes